Cinema – κίνημα – kinema

Blowing mind movie!

Maria Antonieta

(Marie Antoinette, EUA-FRA, 2006)

Hong Kong Garden, Siouxsie & Banshees, trilha sonora do filme e uma das cenas mais rock n'roll da história do cinema.

A história da delfina adolescente da França na visão pop-rock de Sofia Coppola.  Roteiro, história, figurino, luxo, Jason Schwartzman, ou seja, tudo o que a gente gosta.   Destaque para a interpretação brilhante de Kristen Dunst.

Clique aqui para ver o filme online.

Leia também:

1 Comment

Filed under Cinema, One of Us

Dia do Rock

Quem conhece rock ‘n roll de verdade, se identifica com a atitude desse movimento transformador social (para mim omais importante do século passado) sabe do que eu estou falando. FELIZ DIA DO ROCK!

Um beijo a todos os rock  ‘n rollers de uma punk kid :)

The Noisetteses

Shinga Shoniwa doesn't upset the rhythm

Don't fart in my heart

Hedwig

Tina Turner

Rainha, rock chick e budista

The GO!Team

yeah yeah yeah yeah yeah

1 Comment

Filed under One of Us

África 2010 destino Brasil 2014

Chega ao fim a histórica Copa do Mundo da África do Sul 2010, a primeira do continente africano (Parabéns a Espanha). Durante um mês vibramos, torcemos, choramos (uns mais que outros) olhando para a África. Viva a Copa!

A Fifa mais uma vez se destacou como grande organismo internacional. Tão importante quanto a ONU e o trabalho diplomático dos países, a FiFa conseguiu unir as pessoas em nome do esporte no maior evento da Terra.  E na África.

Nos últimos 30 dias pessoas no mundo inteiro conheceram mais sobre a África, sua história, seus costumes.  Um olhar muito diferente do que estamos acostumados a ver quando se fala dos paises africanos. E digo África, não somente África do Sul, porque essa Copa representou todo o continente, o povo preto e sua cultura comum.

Pra vocês terem idéia da visibilidade, o termo “World Cup 2010”  teve um aumento de mais de 2000% no último mês nas buscas no Google* e outros termos como “South Africa”  e “Africa Cup” tiveram cresceram no interesse do usuário em mais de 1500 e 300%, respectivamente.

Impressionante também o interesse dos próprios africanos na Copa do Mundo. Os pequenos Suazilândia e Lesoto lideram a lista de paises no interesse nas buscas. O olhar do africano voltado para a própria África  demonstra a importância social do evento.

Os  problemas sociais também foram tema nesta Copa. Violentos protestos dos trabalhadores do Mundial por aumento  de salário e os crônicos problemas de fome, miséria e subsenvolvimento.  O lado positivo é que depois dessa Copa, ninguém pode dizer que não sabe o que acontece na África, tanto a luta e o carisma do povo, o potencial de mercado, os recursos naturais,  quanto a pobreza, racismo. e a Aids A Copa é uma grande exemplo para a humanidade, podemos nos unir para mudar esse quadro de desigualdade, baixar os índices de contaminação de HIV é um primeiro grande passo que devemos a mãe África.

Durante esse mês de festa,  dias vimos na televisão homens e mulheres negras bem sucedidas, lideres mundiais, presidentes, atletas negros. Falamos sobre a beleza das mulheres, o estilo, as paisagens paradisiácas e a influência da África na cultura da humanidade, mesmo quando não nos damos conta.

Uma vez eu perguntei a um lider budista, qual era a opinião do Budismo sobre os problemas que assolam a África nos últimos séculos e que parecem não ter data para terminarem. Com um sorriso ele respondeu temos que olhar a África como o futuro da humanidade.É o inicio e a continuação dela.

Eu gostei do que vi na Copa, muita festa e união, mesmo sobre o crivo dos céticos que dizem que o dinheiro foi a grande estrela do mundial. Humanista romântica que sou, acredito que a primeira Copa da África é um dos maiores eventos da história do povo negro.  E é só o começo.

:)

* fonte: Google Insight, sem valor oficial, meramente ilustrativo.

2 Comments

Filed under Opinião

Concurso

Esta é do site da Daniela Salú, Cabelo Bom:

Crespro Pride! Participe!

1 Comment

Filed under Negas do cabelo bom

Beleza real

Há algumas semanas rolou o bafão das fotos sem retoque da Carol Castro para uma revista de beleza.  A foto é essa aí.

Linda do mesmo jeito

A história é: uma mulher linda comum usada pela mídia para passar uma imagem de deusa, a própria perfeição. Essa imagem manipulada pressiona e escraviza mulheres lindas comuns (como nós)  a alcançarmos esse padrão irreal.

Haja photoshop mental!

Quem não sofre por ter 20 quilos a mais e 20 centimetros a menos? Quem não gostaria de ser mais clarinha, com cabelo mais liso, com mais peito, menos culote?

Padrão de beleza quem cria é você! Sua saúde,  felicidade, personalidade e auto-estima devem ser maior que a imposição de pessoas que querem, na verdade, comprar você.

Todo mundo se cobra, a vaidade é parte da natureza humana principalmente da cultura feminina, mas exemplos como Heidi Montag, Latoya Jackson muitas outras, nos mostram onde essa loucura pode levar. É clichê, mas é real!

1 Comment

Filed under Beleza, Opinião

Out and About

Estelle e Angelonfire

Estelle e Angelonfire no Essence Music Festival sábado passado em New Orleans.

Leave a comment

Filed under Out and About

Lady Grace Jones

I was always really determined to look the way I wanted to look, and I wanted to cut my hair. I wanted to look different because I was used to looking different. Because of my religious background I’d always been encouraged to look different. ”

O Über DJ Camilo Rocha escreveu uma matéria bem humorada sobre Lady Gaga e Grace Jones, cantora, modelo, atriz, ícone artístico, pop e black dos anos 80. Lendo os comentários (opiniões e lixolândia como sempre) se nota que o tema é controverso para os fãs de ambas divas.

Grace Jones nasceu na Jamaica e se mudou com sua família aos Estados Unidos aos 17 anos. Formada em Artes Cênicas pela Onondaga Community College, começou sua carreira de modelo em Nova Iorque no início dos anos 70. Era o começo da “Era das Celebridades” e ela, ostentando seu power dressing, circulava entre ricos e famoso, inclusive fazia baladinha com o nobre Andy Warhol, cineastra e fotografo da Pop Art.

A parte seu trabalho como atriz, em 1977 sua carreira se extendeu de modelo à cantora, quando foi contratada pela Island Records. Lançou mais de 10 albúns que passearam pelo pop, rock, reggae, chanson française, new wave, disco, dance, ou seja, toda gay music que amamos.

Fez parcerias com Annie Lenox, outro ícone da época (mais uma referência para Lady Gaga), Brigitte Fontaine e Luciano Pavarotti.  Além de claro, ter tido suas músicas remixadas por grandes artistas como LL Cool J e Primal Scream.

Falando em influência, não só Lady Gaga pode se dar ao luxo de ter Grace Jones como mestre. Pessoas do nível de Prince, Madonna e Michael Jackson são súditos assumidos de Jones. Respeitosamente gostaria de citar Lacraia como fruto do estilo cutting-edge de Grace Jones.

Hoje em dia, Grace Jones mantem sua carreira e sua divindade no underground. Diferente de Lady Gaga que no ground cai muito bem ao pop de mercado. Sem falar que como artista, Gaga ainda tem muito caminho para mostrar que é mais que uma modinha. Eu gosto da Lady Gaga, mas dizem que quem gosta de Lady Gaga não liga muito pra música.

Chego à conclusão que Lady Gaga só existe porque existiu Grace Jones antes dela, é sua continuação. Nos dizeres do sábio Camilo Rocha “Grace é professora, Gaga ainda é aluna. Simples assim.”

Descrita por alguns como pretensiosa e arrogante, Grace Jones sabe o símbolo que é e que sua atitude vanguardista abriu portas para muitos artistas e para as mulheres, sobre tudo negras. Uma mulher preta, andrógena, poderosa se impor e se expressar da sua maneira nos anos 70 é um ato de coragem e pioneirismo que não se compara a nada hoje em dia e disso, infelizmente, a pequena Gaga não pode se gabar.

Capa do seu último disco Hurricane, lançado pela The Vinyl Factory em vinil, edição luxo, 500 cópias cada uma pela preço simbólico de £ 300.

Leave a comment

Filed under One of Us

Blogsphera

Informação & Inutilidade

O primeiro selo do :: Efigenias :: ! Vale a pena ler o blog.

Esse blog (dizem) é o # 1 da web. Tem muita informação, muitas dicas, é divertido e o Ney é gente fina.

Pra você que é geek, não é geek ou nem sabe o que geek significa.

Leave a comment

Filed under Internet

La NOIRE Vague

Fruto da ociosidade ou da real necessidade de dizer alguma coisa?

A pergunta é: Pourquoi pas la vague noire?

1 Comment

Filed under Opinião

Aplique free é tendência

Cansou das extensões, alongamentos e afins?

Para infelicidade de Tania Vinhas do blog HairExperts o A.P.H.E.T já é tendência!

Falo do corte de cabelo que eu carinhosamente chamo de After-Prolongated-Hair-Extensions-Timeout hair style. Que quem usa extensões como eu há muito tempo, agora tem uma opção viável para lograr se livrar desse tormento  caro, doloroso e viciante que é a extensão de cabelo em suas várias modalidades.

O comentário do blog citado acima foi para a pequena Willow Smith, filha do Will and Jada Pinked Smith que apareceu toda estilosa com esse estilo de cabelo no red carpet da première do filme do irmãozinho Jaden Smith, o remake do clássico Karate Kid.

Trata-se de raspar as laterais da cabeça, normalmente com fios curtos e danificados pelos processos de extensão e deixar a parte de cima, que normalmente é mais comprida, como se fosse um moicano ou aquele corte curtinho das pin ups.

Eu adoro e as nossas divas também! Dá uma olhada abaixo em quem pediu férias das longas horas nos salões de cabelereiro fazendo o famoso nó italiano e mesmo as ultra-modernete que usam lace wig. É uma boa porque com o cabelo curtinho fica  mais fácil de tratar e cuidar do crescimento do cabelo.

Eu estou quase me rendendo a moda. Semana passada raspei as laterais e vocês não sabem o alívio (olha a foto), porque o cabelo fica mais “organizado” digamos, sem aquela parte que metemos atrás da orelha sempre. Ficou ótimo, com uma pegada roqueira, minha cara!

É…depois de ver essas fotos, o duro é escutar que não fica bem em niguém afff  ; )

Bisous!

 

:: Efigenias ::

O importante é ser quem se é

2 Comments

Filed under Batalha de cabelos afro, Beleza, Negas do cabelo bom

Estágio na ONU


Email enviado pelo meu Papi:

Abertas  até  15 de junho  inscrições  para seleção de estagiários na ONU

A Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR) e o Ministério das Relações Exteriores (MRE), abrem de 1º a 15 de junho de 2010, o 2º processo de seleção para 3 estudantes afro-descendentes/negros {pretos, mestiços e pardos} cursando  mestrado ou doutorado na área de Ciências Humanas ou Sociais, interessados em estagiar na Delegação Permanente do Brasil em Genebra, Suíça e acompanhar as atividades do Alto Comissariado de Direitos Humanos das Nações Unidas (ONU).

O estágio terá duração de três meses (ano de 2011), não será remunerado e está inserido no Programa de Formação Complementar e Pesquisa na Área de Direitos Humanos da Agência Brasileira de Cooperação, que oferecerá os recursos para passagem, hospedagem, alimentação e transporte dos candidatos selecionados. A análise dos currículos será realizada por Comissão Científica composta por representantes dos Ministérios  proponentes e da Sociedade Civil.

Os pré-requisitos para as vagas são:

* Ter idade máxima de 35 anos;

* Ter concluído ou estar em vias de concluir pós-graduação (“stricto sensu”) em área conexa aos temas abrangidos pelo programa de formação complementar e pesquisas humanas e sociais;

* Ter domínio comprovado da língua inglesa;

* Ter disponibilidade de dedicar-se em tempo integral.

Para candidatar-se ao programa, o estudante deverá enviar até dia 15 de junho o currículo pelo e-mail seppir.onuestagio@ planalto. gov.br

Boa sorte a todos!

 :: Efigenias ::

em todos os lugares

1 Comment

Filed under Ação Afirmativa, Afrodescendente, Educação e oportunidades

Incluíndo fora

Hollywood tem espaço para todos?

Daí que a Gabourey  Sidibe concorreu ao Oscar de Melhor Atriz neste ano pelo seu papel no filme épico Precious, baseado no romance da escritora americana Saphire. Gabourey Sidibe é uma estudante de psicologia, atriz, preta e gorda.

Cinderela do sonho americano, o auge do espírito do Yes We Can, após sua atuação magistral no filme e sua entrada no show business pela porta da frente muita polêmica já gira em torno do seu nome: é possível que uma mulher obesa tenha verdadeiro espaço em Hollywood? Que papéis ela poderia fazer?

Os  ferozes e notoriamente mal-amados radialistas Howard Stein e sua companheira de programa Robin destilaram palavras de ódio e desprezo contra Gabourey. “É um mal exemplo!”, gritaram eles, no auge de sua fúria. Contritos, sentiram pena dela e das pessoas que fingem que uma garota de quase 200 kilos possa fazer parte do mundo das celebridades. Tsc, tsc, tsc.

Os Estados Unidos vivem a contraditória epidemia da obesidade. Enquanto milhões de pessoas em todo o mundo morrem de fome e outros milhões sofrem para alcançar o padrão de beleza magro imposto pela mídia e a sociedade, parece que muitos no país das oportunidades não querem ver frente a frente uma mulher gorda, afro-americana que vai a universidade, tem amigos, amores e fotografa divina nos red carpets da vida.  Como se no país onde 6 em cada 10 pessoas são obesas,  pessoas como ela não existissem na vida real. Até o blogueiro Perez Hilton andou criticando o sobrepeso de Gabe, segundo ele porque se preocupa com sua saúde, mas cá pra nós, eu duvido um pouco que essas críticas venham mesmo da preocupação com a saúde dela (inclusive o laureado blogueiro Perez Hilton já fez e por um bom tempo, parte do grupo dos gordos). Talvez seja porque é fácil falar de inclusão, de combate aos padrões sociais de beleza, mas ver no spotlight brilhando sejaum pouco mais complicado. “É a quebra da ordem social!” , bradariam conservadores pouco conformados.  Parece que para essas pessoas, longe do gueto onde deixamos os excluídos existirem, a imagem do diferente  choca, descontextualiza todo o discurso de inclusão e traz à tona a mais bem guardada  hipocrisia.

Se Gabe  vai ser mais do que a Precious ou se os roteiristas escreverão papéis para ela, só tempo dirá, mas já vemos sinais de que ela é muito mais que isso e tem muito talento para mostrar, assim como todas as pessoas, independente da condição, situação, formação ou deformação física.

Quem limita as pessoas realmente não tem idéia do que significa a palavra ARTE.

Leia também:

:: Efigenias ::

Arte pura para todos

1 Comment

Filed under Cinema, Ideias sem acento, Opinião

Moda à cores

Moda moderna com toques étnicos e urbanos ultra femininos, esta é a Boxing Kitten da auto-didata e businessmodernlady Maya Amina Lake . A inspiração vem das ruas, do vintage, das manifestações sociais e do mais moderno e multicultural.

A designer, formada em Estudos Afro-Americanos na Univesidade de Wesleyan, empresta sua creativdade para vestir divas como Beyonce, Alicia Keys e Rihanna.  Suas peças coloriadas também podem ser vistas nas páginas do New York Times, Giant Magazine e nos blogs mais modernos da net, como o Black Girls Rock que escolheu Amina como uma das Three Fashionistas To Watch.

1 Comment

Filed under Fashion

Sex and the City 2

O lançamento mais esperado do ano (por mim)

Sex and the City 2

Essa semana saíram boatos que Sarah Jessica Parker além de ameaçar a equipe com processo caso o roteiro fosse divulgado e inserir marcas d’água em cada cópia dos scripts para identificar qualquer eventual espertinho que queria ganhar uma graninha extra divulgando o conteúdo do filme, gravou junto com Kim Catrall cenas falsas para despistar a imprensa. Paranóia, muito barulho por nada ou esse segundo filme vai arrebentar como fez o primeiro? (atualização em 2013: pior que não…)

Bom,  o que não tem nada de falso é a nova música de Leona Lewis e Jennnifer Hudson, Love is your color. Infelizmente Jennnifer, que interpretou Louise, a Personal Assistant de Carrie, em Sex and the City 1 não estará na trama, mas a já faz parte da família, dessa vez, participando da trilha sonora do filme.

Sem falar no outro dueto, o do trailer, cantado por Alicia Keys e Jay Z.

ps. alguém já sabe quando o filme estréia no Brasil?

Leia também:

:: Efigenias ::

the light will inspire you

1 Comment

Filed under Cinema, HOT NEWS, Música

Além de banco, Bukina Faso também tem TV

E é divertido!

Todo mundo que tem email, já ouviu falar de Bukina Faso.  Além de ser o país do famoso scam de internet, da tal grana que alguém tem para transferir para sua conta, Bukina Faso é também o cenário de uma nova série polícial apresentada na tv francesa chamada “Super Flics”, algo como os Super Tiras.

A música de abertura é bem legal, o clima é divertido e as pessoas sorriem, nem parece que é um seriado policial onde os agentes Marc e Malika combatem o crime e recebem todas as semanas celebridades do cinema e teatro bukinabé. Você pode assistir os episódios em francês na página da TV5 Monde, a televisão pública da França.

Lembrando que um outro país africano é considerado oo terceiro maior mercado de cinema do mundo: a Nigéria que só perde em número de filmes lançados por ano para Estados Unidos e a Índia.

Quem sabe agora você se anima a aceitar a falcatrua oferta do tal gerente do Banco de  Bukina Faso ;)

:: Efigenias ::

All around 

Leave a comment

Filed under Afro, Out and About, TV

Exposição de novas Barbies negras

Amamos Barbies!

Pretas, loiras, morenas, negras, orientais, amamor todas e queremos mais!

Exposição Black Barbie
fonte: Terra.com.br

Exposição da brand new generation de Barbies negras. A diferença agora é que as novas Barbies não tem somente a cor da pele negra, mas sim os traços e uma pegada mais black, digamos.

A ordem agora (finalmente) é representar! Além da Barbie, há também suas amigas Grace, Lenara ,Trichelle e Christie, cada uma com seu estilo, personalidade e tom de pele, como é na vida real.

Urbana, princesa, moderna, étnica, tem para todos os gosto, como deve ser.

Ponto para Mattel, ponto para todas nós!

 

:: Efigenias ::

ponto para todas nós

1 Comment

Filed under Afrodescendente, Beleza, Produtos

Troféu Raça Negra 2009

Premiação de artistas, intelectuais, esportistas e personalidades pretas

Sharon Menezes e Cris Viana

Trofeu Raça Negra em São Paulo e mais uma vez não fui convidada :( Em breve serei uma blogueira respeitada e choverá convite vips para mim. (atualização: estamos em 2013 e até agora nenhum convite)
A imprensa não falou muito, confira a reportagem do Terra.
Pelas fotos eu notei que há uma carência absurda de maquiadores especializados em pele negra. Até eu, uma humilde multimidia wannabe me maquio melhor!
Fora esse detalhe, apoio o Troféu Raça Negra e espero que chegue a importância do BET Awards nos EUA.

ps. recomendo que vejam as fotos no Terra, leiam a reportagem mas não leiam os comentários.

Dicas de maquiagem para a pele negra

:: Efigenias ::

((aplausos))

1 Comment

Filed under Ação Afirmativa, Afrodescendente, HOT NEWS

Naomi "do Brasil" Campbell defende modelos negras

Fala se ela não é tudo? Naomi Campbell além de linda, poderosa, modelo, chiquetésima é brasileira de coração.
 
A über model defendeu essa semana num evento na Africa do Sul a inclusão de modelos negros na publicidade e moda dos mundos chamados “desenvolvidos”. Pois é.
 

Leia mais sobre modelos negros

 

 

Naomi Campbell defende modelos negras

 
 
 
:: Efigenias ::
Team Naomi
 
 

2 Comments

Filed under Fashion, Fêmea alfa, HOT NEWS

Racismo à espanhola

Viram que eu tirei o dia para postar aqui? Já fazia tempo que tinha algumas coisas guardadas. Em breve também vou terminar de construir e personalizar o blog.

Olha isso que eu li no blog espanhol  Life in Beniajan, da cidade de Beniajan

“Aqui no somos racistas, pero…”

Já no título, ironicamente o autor desafia o status vigente de tolerância racial e com os imigrantes que infelizmente não condiz  com a realidade da Espanha. Imagine então que em vários pontos da cidade há muros com pichações de cunho racista e xenófobo e nem as autoridades, nem a população fazem nada para limpar a cidade dessa vergonha.

Só para se ter uma idéia do que isso significa, se num muro estiver pichado uma frase com erro gramatical, na Espanha é tradição apagar as palavras como se foram uma ofensa a Real Academia Espanhola.

Manter essas ofensas, como quem diz:” não sou eu que estou dizendo, mas…” é um crime, mas aparentemente, ninguém fala nada…

Leave a comment

Filed under HOT NEWS

Black or Pink

Proponho a vocês a mesma  pergunta  que eu  fiz para um amigo canadense?

“Is it possible that pink is better than black in a human being?”

Nem vou publicar a foto porque isso implicaria  ter que olhá-la outra vez e é exatamente o que eu não quero para minha  vida.
Todos me conhecem por meu espírito tolerante e progressista (até demais), mas não consigo ter ternura por essas mulheres que usam clareadores de pele para “tentarem” ficar “brancas” (o que é ser branco?).  A primeira vez que eu vi no metro de Paris não podia acreditar. “Será que ela realmente crê que alguém acredita que ela é branca ou pensam que tem um câncer de pele?” divaguei no auge do meu asco.
unfairNós mulheres somos oprimidas pelas ditaduras da beleza. Mas isso não as eximir de culpa e nem  me impede de quase vomitar quando uma conhecida de Paris também disse que estava difícil encontrar esse tal “bleaching” ou “whitening” e perguntava se no Brasil não teria para comprar.
Não honey, não tem e se depender de mim não vai ter nunca! Qual neguinha do Brasil nunca ficou horas torrando no sol pra ficar mais preta? Eu, muuuitas vezes e vou continuar assim, quanto mais preta melhor!
Pra resumir minha conversa com ela eu disse: ” Ça, c’est dégoûtant, biatch!!”
:: Efigenias ::
o tempo passa…

2 Comments

Filed under Beleza, Opinião, Produtos

Prêmio para Bill Cosby!

Bill Cosby ganha prêmio Mark Twain

rudy cosby show efigenias

O prêmio mais importante dado a comediantes nos EUA, o prêmio Mark Twain foi merecidamente oferecido ao mogul Bill Cosby. Bravo!

Eu sou suspeita, porque junto assim como o Tio Acaiabe, Bill Cosby é muito querido no meu coração e nas minhas lembranças desde sempre como parte da família.

Claro que vocês lembram do Cosby Show. Olha aí  como está a Rudy agora.

Gracias Concreteloop, my sweetheart website!

:: Efigenias ::

Mogul

Leave a comment

Filed under HOT NEWS, Mogul, TV

Cotas na Moda

Em que pé  anda a diversidade nos desfiles da semana de moda mais importante do Brasil?

Progresso se faz jogando a bola pra frente e chutando pro gol

Finalmente alguém se tocou o que realmente quer dizer a adoção de cotas nos desfiles do São Paulo Fashion Week e deu um passo progressivo a caminho da igualdade e claro, mais pessoas puderam apreciar a beleza da mulher brasileira preta! Fonte: Site Terra (de ninguém) Lixolândia

Campanha Maria Bonita

Divulgação
São Paulo, 19/10/2009
As 21 belas que figuram a campanha da Maria Bonita ao lado do fotógrafo Bob Wolfenson e do designer Rafic Farah
Olhando essa foto, eu me pergunto como alguém pode acha isso ruim… ;)
:: Efigenias ::
gatas pretas

1 Comment

Filed under As Efigenias, Beleza, Fashion

Mais Barbies Negras!

Nova coleção de Barbies pretas

A nova linha mostra a diversidade de estilo e beleza das mulheres pretas

Nos anos 90 eu tive uma Barbie preta lindaaaaa (aliás, eu ainda tenho!). É uma Barbie comemorativa do Thanksgiving Day (clica no link pra ver a foto dela). Veio com um vestido maravilhoso, numa caixa enorme!

Que bom que mais meninas vão poder sentir a emoção que eu senti!

Dá uma olhada no Glamurama e no Yahoo.es.

:: Efigenias ::
queremos todas!

2 Comments

Filed under Afrodescendente, Criança, Produtos

Cinema – κίνημα – kinema

The Modern Racist Paradigm

é um documentário superinteressante e até chocante sobre a evolução dos paradigmas do racismo e como  as caraterísticas de sua expressão se transformaram ao longo do tempo junto com a sociedade. O papel determinante de todas as mídias no processo de manutenção  e propagação do preconceito de cor e raça etnia.

 Efigenias Bamboozled

O gênio Spike Lee também trata do mesmo tema em

Bamboozled

, filme de 2000. Damon Wayans é Pierre Delacroix um executivo de um canal que ao expor o racismo e os esteriótipos repetidos pela televisão num Ministrel Show , acaba se surpreendendo com o êxito público e comercial de sua proposta e suas consequências.

:: Efigenias ::

À voir absolument

É um documentário superinteressante e até chocante sobre o paradigma moderno do racismo que evoluiu com o tempo e a socidade, e o papel determinante de todas as mídias no processo de manuntenção  e propagação do preconceito

3 Comments

Filed under Afrodescendente, Cinema, Mogul